Como Desenhar Passo A Passo – Vídeo Explicativo

Você gostaria de saber como desenhar passo a passo, mas não sabe nem por onde começar? Já tem uma ideia do que é desenhar, mas não sabe como melhorar?

Aprender a desenhar, seja olhando para uma foto, uma pessoa, um local ou simplesmente criar algo da sua cabeça é um processo complexo.

Além de todos os elementos que temos que dominar ainda lidamos com dificuldades como atacar o assustador “papel em branco” ou uma série de preconceitos e outras travas que criamos em nossa cabeça. Assim, acabamos muitas vezes desistindo até mesmo antes de começar.

Banner-Aprenda-a-Dezenhar-Anime

Desenhar é muito mais do que isso. Aprender a desenhar primeiramente é aprender a ver. Enxergar além do que estamos acostumados a ver a nossa volta, observar detalhes que antes nem sabíamos que existiam. É aprender e tentar entender e replicar as relações entre todos os elementos da imagem.

Além disso, aprender a desenhar também é aprender a aguçar a curiosidade, pesquisar e desconstruir aquilo que vemos e damos como “mundano”.

É investigar as estruturas do mundo em que vivemos e das coisas que nos cercam, seja em seus elementos físicos ou como nos impactam psicologicamente.

Aprendendo como desenhar

Ilusão de Ótica – Como desenhar Buraco 3D – passo a passo

Por fim, aprender a desenhar é aprender a imaginar e sonhar no papel. É visualizar o que nunca vimos antes, ordenar tudo que sabemos e reconstruir todos os elementos anteriores em criações originais, que dizem muito sobre nós mesmos.

Então, acho que desenho não é só a “arte de representar”, mas sim a realização no papel de todo este aprendizado somado aos anseios, aos sonhos, às experiências, a frustração e a introspecção da jornada de cada artista.

Como desenhar aprendendo a ver

Aprender a VER é realmente observar profundamente o que estamos prestes a desenhar, entendendo relações entre todos os elementos da imagem. Este conceito se aplica muito ao desenho de observação, vulgarmente chamado de “copiar”.

Aprender a desenhar passo a passo é um processo que pode ser simples como também extremamente complexo, dependendo do quanto você pretende se aprofundar, e como é base para tudo que falaremos na sequência.

como desenhar passo a passo

O grande desafio ao desenhar de observação é ignorarmos, ou no mínimo questionarmos, tudo que achamos estar vendo e realmente nos concentrarmos no que estamos vendo.

Analisar sem viés algum dos formatos (shapes) gerados por tudo que está na imagem ou objeto que estamos desenhando, tanto pelos objetos em si quanto pelos espaços vazios entre eles. Este é um conceito fundamental do desenho e são chamados tecnicamente de espaços positivos e negativos.

Se considerarmos que a parte em branco como espaço positivo, isto é, o objeto na cena, então veremos um copo. Pelo contrário, se considerarmos as partes pretas como espaços positivos, teremos duas pessoas se encarando.

O cérebro humano pode ser dividido em duas “metades”, onde o lado esquerdo representaria processos racionais, lógicos, analíticos, verbais e simbólicos, enquanto o lado direito representaria o lado perceptivo, intuitivo e espacial.

Este é um material recomendadíssimo para quem está bem no começo e nunca teve contato com o desenho de observação.

O mesmo processo acontece com os famosos “bonecos de palito”, símbolos que utilizamos para representar a figura humana, fugindo completamente do que estamos observando no dia a dia.

Existe uma série de exercícios para acessar o lado direito do cérebro, focando neste caso totalmente na análise da imagem de forma bidimensional. É recomendado ordenar o aprendizado do desenho em etapas: Bordas, Espaços, Relações, Luz e Sombra e Gestalt.

Desconstruir para saber como desenhar

Para dar início a discussão sobre como desenhar passo a passo, em relação à criação, teremos que olhar primeiro para o contraponto do que vimos anteriormente, o chamado desenho linear, que usa o lado esquerdo do cérebro e se baseia na simplificação de todas as partes do desenho em formas geométricas simples e tridimensionais posicionadas no espaço.

Para desenhar uma cabeça, você vai ter que simplificá-la inicialmente para uma esfera ou um cubo, irá posicioná-la no espaço, e depois irá começar a fazer as alterações de volume necessárias.

Para tal, serão necessários também conhecimentos aplicados, como anatomia e perspectiva neste exemplo da cabeça.

Neste ponto existe o risco de voltarmos ao “boneco de palito”, cometendo os mesmos erros de assumir o que não devíamos, então é importante que sejam adotados fatores adicionais, incluindo a própria observação de espaços e relações aprendidos.

Mas afinal, o que é um bom desenho? Primeiramente este tem que ter proporções corretas, isto é, as relações internas entre elementos, usando até conceitos de espaço negativo e positivo, tem que ser agradáveis ao olhar (mesmo que distorcidas da realidade como os desenhos cartoon).

Outro ponto importante é como os objetos estarão posicionados na cena, o que impacta diretamente em suas proporções, escala e composição bidimensional no espaço do papel. Para posicionar objetos da forma correta é necessário o uso dos conceitos de perspectiva.

como desenhar passo a passo

Uma vez que tivermos todos os objetos posicionados, é a hora de iluminar a cena. Para tal, será necessário entender como os diferentes planos dos objetos serão incididos pelos raios de luz (em quais ângulos) e quase os valores resultantes, isto é, se estarão na luz, meio-tom ou sombra, e quão escuros serão na escala de cinzas.

Por último, após o entendimento da luz e sombra, precisamos definir padrões de colocação dos valores para que estes trabalhem para auxiliar e não prejudicar a composição estabelecida pelo posicionamento.

Este é o elemento mais complexo desta série e requer estudo mais aprofundado. O posicionamento se relaciona com a composição da cena em termos de linhas e os padrões em termos de valores.

Quando estamos aprendendo como desenhar passo a passo, precisamos criar uma imagem mental em nossas mentes, mesmo no caso do desenho de observação, onde é muito importante tentar visualizar no papel o que se está pretendendo desenhar.

O próximo passo é o mais importante desta parte do texto, utilizar conceitos tridimensionais para “construir” a imagem. Para isso, será necessário o uso das ferramentas dos cinco Ps, principalmente Proporção, Posicionamento e Perspectiva.

2018-04-11T17:14:47+00:00